4 objetivos do Atendimento Educacional Especializado (AEE)

0
81
Visualizações

É chamado de Atendimento Educacional Especializado (AEE) o conjunto de recursos, atividades e metodologias pedagógicas que visa atender alunos portadores de necessidades especiais no período de contraturno escolar. Ou seja, se as aulas regulares, junto com os outros estudantes são no período da manhã, durante a tarde é prestado o AEE. Ele não substitui o ensino comum, mas o complementa.

Esse atendimento pode ser realizado tanto na escola regular, mas em uma sala específica que ofereça os recursos necessários, quanto em instituições especializadas nele. O foco são estudantes com as mais variadas deficiências, transtornos de desenvolvimento e com superdotação. Mas quais são os objetivos do AEE?

É importante entender que o AEE não é um reforço escolar, mas sim um recurso que visa aprimorar o processo de obtenção de conhecimento por parte de alunos com necessidades especiais. É um aliado da educação inclusiva, uma vez que não a substitui, mas encontra caminhos para que ela seja mais eficiente. Veja a seguir 4 objetivos específicos desse atendimento.

Identificar as necessidades do aluno

O primeiro passo de um professor de AEE, quando recebe um novo aluno, é identificar quais são as suas necessidades e o que elas demandam no campo do ensino e aprendizagem. Para isso, o laudo médico será uma das fontes de informação, mas cabe ao profissional fazer uma investigação mais aprofundada para entender de que forma a deficiência daquele indivíduo vai impactar na educação.

Essa identificação leva ao plano e atuação de AEE, que é diferente para cada aluno atendido.

Produzir e identificar materiais que possam ajudar cada aluno em particular
Uma vez identificadas as necessidades especiais do aluno, o professor do AEE vai produzir um material que seja acessível para ele, ou seja, que traga os aprendizados que precisa adquirir colocados de uma forma que ele compreenda. Para isso, o profissional vai se valer dos mais diversos recursos, desde aumentar o tamanho da fonte até substituir textos por imagens ou outras estratégicas que funcionem naquele caso.

Além de elaborar, o professor também vai mapear recursos já existentes e que possam contribuir com a aprendizagem do aluno, como um software específico, materiais de apoio disponíveis na internet ou até peças de mobiliário que tornem a sala um ambiente mais acolhedor e aprazível.

Contribuir com o desenvolvimento da educação inclusiva

Esse é um objetivo muito importante: professores de AEE precisam participar das discussões focadas no desenvolvimento de recursos pedagógicos que fomentem a educação inclusiva. Eles são uma espécie de ponte entre o aluno com necessidades especiais e a escola regular, por isso, uma das suas missões é atuar na eliminação de barreiras que se colocam no processo de ensino e aprendizagem.

Oferecer suporte ao professor da classe comum

Professores de escolas regulares que tenham em sua sala de aula alunos portadores de necessidades especiais também têm o direito de receber AEE. Mais uma vez, o profissional de AEE é a ponte entre o aluno e o professor regular, por isso, ele vai orientar esse professor sobre como fazer com que a sua aula seja inclusiva. Quais posturas que ele deve adotar, quais recursos podem ajudar aquele aluno a compreender melhor o conteúdo, de que tipo de atenção especial ele precisa.

O AEE vem como um reforço para que a educação se torne cada vez mais democrática e inclusiva!


Warning: A non-numeric value encountered in /home/storage/f/0a/1d/bloginaci1/public_html/wp-content/themes/ionMag/includes/wp_booster/td_block.php on line 1008

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite a sua mensagem!
Digite o seu nome